Acerca de mim

A minha foto
«Fotografar é colocar na mesma linha de mira a cabeça, o olho e o coração.» (Henri Cartier-Bresson)

quinta-feira, 26 de junho de 2008

Corre o rio sem retorno...

Moinho do Rouco - Cortes
Leiria
Junho - 2008
:::
Publicação na Revista "Super Foto Prática" - Outubro 2008
Secção Caixa de Luz / Melhores fotos do mês
:::
"Corre o rio sem retorno,
Corre o trem sem rumos,
Corre a vida, corre o relógio,
Correm os dias e tristezas,
Corre a velocidade na inércia do olhar..."
:::
Fidélia Cassandra

57 comentários:

ElSinTierra disse...

Bella imagen y hermosos versos.

Un saludo

Juan Carlos disse...

Muy bonita la imagen con la rueda y el pequeño salto de agua que has realzado con el efecto seda en el agua.

Saludos.

Marcel.la disse...

Fantastica, la forma de congelar el agua es preciosa. La rueda le da un toque aniguo precioso. Sinceramente muy bonita.

Gata Verde disse...

Que foto linda!
A calma que senti ao vê-la é indescritivel.

Obrigada por este momento...beijinhos

Ana F. disse...

Fotografia linda!!
Linda lindaaaa!
Eu fazia um quadro com ela!
:-)

JR disse...

Bom momento. Tanto na foto como na escolha do texto.

Vivian disse...

¡Hola Josée!
Me gusta el aspecto viejo de la rueda contra el color verde azul y sedoso del agua. Los versos son excelentes. ..¡Qué bonito conjunto!
Muchos cariños, espero que todo ande bien.
Besos

Felizes disse...

Fantastica, parabéns

Baba disse...

Un encuadre estupendo. Me encanta la parcialidad de la rueda.
Una foto llena de paz y belleza.
Un abrazo.

Cila & Di disse...

Linda!!! O arrastar da àgua, ficou um espectaculo!
Beijo

Lu disse...

Que lugar lindo. Moro em Leiria, mas não conheço. :(
Captaste de uma forma extraordinária a magia e beleza do local José.

Bj

CHRIS disse...

Uma foto tão bonita, num sitio tão tranquilo...mas com um poema algo triste.
Porque não:
correm os dias, os sorrisos ...
Excelente registo!

george disse...

Estupenda José un composición muy bonita.
Un abrazo

Crisfonseca disse...

Belissima escrita e deslumbrante paisagem
Bjs,
Cris

Postei um trabalho hj, se tiver um tempinho passe por la

p y b disse...

Belissimo momento de paz e muita beleza que esta linda imagem transmite em harmonia com os versos que a completam.
Beijinhos e bom fim-de-semana,
Elisabete

Anónimo disse...

Bela fotografia do Moinho do Rouco
Um abraço Zé
João

http://novasdescobertas-cerveira.blogspot.com/

Remus disse...

O Exmo Sr. poderia colocar umas fotografias menos boas de vez em quando, para eu ter o "prazer" de dizer "menos bem" das suas fotografias.
lol

Fotografia excelente, como sempre. O controlo de exposição está perfeito.
Parabéns.

Olhos de mel disse...

Oie lindo! Bela foto, belos versos!Post perfeito!
Bom fim de semana! Beijos

Nuno de Sousa disse...

Esta uma foto maravilhosa, de grande qualidade.
Parabéns
Nuno de Sousa

JOSÉ NEVES disse...

Por lapso da minha parte, apaguei o seguinte comentário:

JBorges - "Muito boa esta imagem, alem disso o blog está soberbo, meus parabens, abraço."

http://asfotosdoborges.blogspot.com/

Ao autor os meus sinceros pedidos de desculpa.

JOSÉ NEVES disse...

Por lapso da minha parte, apaguei o seguinte comentário:

Lorena - "Es increible pero me tranquiliza la fotografía y me desesperan las palabras..!"

http://elalmadeloqueesta.blogspot.com/

À autora os meus sinceros pedidos de desculpa.

Nany disse...

Hermosísima, me encanta el movimiento del agua

Sérgio Aires disse...

Fiquei freguês. Parabéns. Voltarei.

Mari disse...

Que foto linda José...amei.
Tão perfeita que parece um desenho. Adoro moínhos!
E os versos são intensos!
Ouso dizer que fico feliz de seguir para frente sem querer olhar para trás.
Beijos com muita amizade.
Mari

PS: viu que foto aquela!?
Máquina comum da canon..

Ricardo disse...

ardoBem capturado a essência de Sintra, com uma iluminação perfeita.
Uma saudação.

Iana disse...

Abençoados os que possuem amigos,
os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede,
não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos,
os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona,
nem se rende.
Amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos,
os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!


Beijos com todo carinho amigo querido...
Iana!!!

PS: Estive ausente porque fiquei doentinha..lol.. mas já estou melhorzita...

leibowitz disse...

bella, bellisima composición. una escena única.

SoniasmSilva disse...

Que fotografias bonitas que ainda não conhecia.Espero que estejas bem,continuação de boas fotos.Beijos amigo

Maria disse...

Magnifico momento fotográfico!

Adorei amigão!

Beijocas ternurentas :-)

" JOTA ENE ® " disse...

Lindissima esta foto. Parabens!!

Forte abraço!!

Ramon Portillo disse...

No en vano comparan la vida con un río en muchas ocasiones. El igual que este, la vida fluye con nervio y velocidad al principio, va ganando fuerza y sosiego hacia la mitad y termina en tranquilidad dando a acabar en el mar....pero siempre sin retorno.

Bonita rueda de madera, tiene aire antiguo.

Saludos.

cuentosbrujos disse...

Una estupenda toma, muy profesional, cuidaste la exposicion para sacar el agua de esta forma no?
saludos brujos compañero

Fernando Santos (Chana) disse...

Caro amigo, muito boa composição, belo efeito de congelamento do movimento da agua...Excelente fotografia...Belo texto...
Um abraço

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido José Neves, maravolhosa fotografia, com uma belíssima quadra a acompanhar...
Parabéns.
Beijinhos de carinho,
Fernandinha

Nádia disse...

José,

acho que já a tinha comentado algures...mas volto a comentar e não me canso disso... SOBERBA José! Absolutamente fantástica!
E como já alguma vez disse... um dia ainda vou tirar uma assim!
Meus Sinceros Parabéns e obrigada por este imagem (e todas as outras).

Bjs, Nádia

TCHI de Tchivinguiro disse...

Corridas com destino incerto e direcção sem retorno.

Joan González disse...

Hola José, pues si que hay retorno, ya que es un bucle...

salut
joan

Arco-íris disse...

A vida corre, acompanhando o rio...
Excelente fotografia...
Beijinhos

Sandra Rocha disse...

Que encanto amigo, quem sabe sabe e o José Sabe eheheh

Está perfeitissima.

Um enorme beijo de amizade. :)

Ripley disse...

preciosa foto, el agua esta de cuento, la rueda en primer plano fantastica y los tonos verdes muy brillantes. no conocia a la poeta.

Whispers in night disse...

Ola querido José!

Ando sumida dos blogs, só que jamais esqueço o teu e a tua amizade.

Hoje vim te visitar e olhar as tuas lindas fotos, sempre uma obra de arte.

Nada para, corre o rio contra o mar, corre a vida contra a morte.

Repete o relógio as horas sem parar, e se vive uma vida sem se dar conta, no dia que olhamos e pensamos, vimos que nada, ou pouco vivemos, muitas vezes a vida só por nos passou, como as águas do rio as pedras beijou.
beijos mil desta amiga
Rachel

Fernando Peneiras disse...

Uma boa fotografia e um bom efeito. Abraço

Anónimo disse...

Muito bonita esta tua foto...
O texto é triste, mas adequado!
Parabéns...

Anna disse...

Wow magnificent. Anna :)

Maria disse...

Que belo, este rio....
... que corre mesmo, sem retorno...

Um beijo

Císa disse...

Olá José!

Como vai?

Seu blog é a pura demonstração do belo!


Parabens!
Mas parabens mesmo!


Que Deus continue lhe abençoando e iluminando o seu dom!


Um beijo carinhoso,


Sucesso sempre!


Císa ;)

Deusa Odoyá disse...

Oi meu estimado amigo.

Uma bela imagem, que nos faz entrar em sintonia dessa paz.

A sintonia do texto e da imagem, magníficos.

Beijos e fique nessa doce paz.

Te aguardo no meu cantinho.

Regina Coeli.

Carla Sério disse...

Uma composição de alta qualidade.

Muito bem conseguida.

parabéns

Jorge Monteiro disse...

Só agora vi o seu blog. Tem trabalhos magníficos.
Esta foto está fantástica. Gostei do efeito da água...

Cristina disse...

Como corre veloz a vida...
Realmente, uma foto fantástica.
Parabéns, tem olho e alma para a fotografia...

pedro alexandre disse...

bem parabens pela publicação, mereces pelo esforço, dedicação trabalho e qualidade, a longa exposição ficou algo do outro mundo, um abraço.

lunatik disse...

Imagem e poema em completa sintonia, a suavidade da imagem complementada pela beleza do poema.
Cumps,

Armindo C. Alves disse...

Grande equilibrio em todo o enquadramento.Transmite paz e tranquilidade. Bem escolhida a Velocidade de exp. Grande abraço.

Felizes disse...

Muitos parabéns pelo teu espaço. É deveras inspirador.

Esta foto está simplesmente linda, parabéns.

---:::::::: MAGDA ::::::::--- disse...

magical...I just love it!

Mari disse...

Já tinha postado aqui sobre a foto, agora estou passando para dar parabéns!
Ela é linda!
E tem um pouco a ver com o que escrevi no outro post, ainda agora.
Beijos!
Mari!

A Luz A Sombra disse...

Lindíssima esta foto do moínho mas tal como diz "o ri corre sem retorno" e o passado não perdoa. É pena porque estes registo vão sendo cada vez mais raros.
Parabéns Jota Ene.
A Luz A Sombra