Acerca de mim

A minha foto
«Fotografar é colocar na mesma linha de mira a cabeça, o olho e o coração.» (Henri Cartier-Bresson)

domingo, 23 de março de 2008

Partidas e Chegadas...

Estação do Entroncamento
Março - 2008

46 comentários:

Maria disse...

Mande notícias do mundo de lá
diz quem fica.......
..................
... E o trem de chegada
é o mesmo trem da partida.....

(Elis)
Excelente B&W

Beijos

Alice Matos disse...

Foto de significados infinitos... tão eternos como eterno é o partir e... o chegar...

Um beijo para ti...

mingo disse...

Magnifica fotografia, la composición es muy buena, el titulo fenomenal. Saludos!

Ricardo disse...

José brilhante, foi estupendo.

Juan Carlos disse...

Bonita mezcla de lo moderno y lo antiguo con el énfasis del desaturado. Los trenes modernos al fondo y la mujer, aparentemente, con indumentaria pasada de moda son el contrapunto.

XuanRata disse...

Una figura más oscura que su propia sombra, lo que ya es dificil. Al situarlo tan cerca del borde izquierdo, el personaje se va, se nos va, tal vez siempre se está marchando, y con él se lleva su misterio.
Una imagen muy, muy sugerente.

Fernando Santos (Chana) disse...

Caro amigo, como sempre máis uma Exelente fotografia,muito bem o sentido da interpretação com o tema.
Um abraço

Carla disse...

linhas que seguem em sentidos oprtos. será que alguma vez se cruzarão?
parabéns por este olhar fabuloso e que bem que fica o preto o branco
boa semana

Lumif disse...

Hola José,
Me parece una foto muy buena y un procesado magnífico.
La persona le confiere fuerza a la foto.
Saludo

Cöllyßry disse...

Como sempre bela a foto,já passei muitas vezes,no passado...

Doce meu beijo

Liz / Falando de tudo! disse...

Me dê um abraço, venha me apertar tô chegando...
Adoro trens, apesar de ja ter me perdido umas 3 vezes e ido parar em estaçoes distantes...
Foi otimo passar por aqui hoje. Mas eu vim mesmo foi te agradecer pela visita no meu cantinho e dizer que eu coloquei novas fotos no meu blog de fotos: www.falandodefotos.blogspot.com
Fique à vontade para voltar a me visitar, sera sempre bom te ver por la.
Desejo-lhe uma excelente semana!
Um abraço,
Liz

Vivian disse...

Hola José
¡Vine a remediar mi error! (Quiero ir al cielo) Ya ves, estoy destinada a ser la última hormiga. Esta imagen es linda en todos los sentidos, la figura de la mujer, él ángulo de las líneas...En sí es un conjunto que invita a emprender un viaje lejano quién sabe adónde.
¡Excelente el título!
Un beso

Nuno de Sousa disse...

Uma bela imagem que já conhecia da tua bela Galeria que já tens pelo Fotogenico.net, gosto da forma como foi feita a imagem num belo p&b. Estás de parabéns. Abraço

Roberto disse...

y parece irse con la musica de un fado de Amalia Rodrigues...

helena disse...

Na estação
de partidas e chegadas
estou eu

Sem saber se parto
ou se chego

Apenas estou
nesse termo médio
de saber que parto
e que chego.
Bela foto, como sempre.
Beijinhos.

" JOTA ENE ® " disse...

Título e foto a condizer.

Forte abraço Zé!

Fe disse...

A gente vai e vem neste entroncamento, e o que fica aqui reflectida é uma grande solidão.

Menina do Rio disse...

Todos os dias é um vai e vem
a vida se repete na estação.
Tem gente a chorar e a sorrir
gente a chegar e a partir e assim
chegar e partir
são só dois pontos da mesma viagem...
Um beijo

velaaovento disse...

Muito bonita esta sua foto.
Encerra a verdade da vida.

Abraço

Marta Ribeiro disse...

Por vezes são partidas eternas...bonito momento...parabens

Gerlane disse...

Estação é sempre um lugar que me desperta saudosas lembranças e emoções.

Maravilhosa foto!

Beijos pra ti!

cascarilleiro disse...

Una buena toma,con un águlo de visión muy logrado.

Saludos.

Filoxera disse...

Continuas "numa" de vias férreas. E esta imagem é bem captada. Simbólica da falta de horizontes futuros da senhora?... Esperemos que não, que ela erga o olhar e sonhe ainda. E viva ainda mais do que sonhou.
Um beijo.

Gata Verde disse...

Simplesmente bela!

Beijocas

Gonçalo T. Almeida disse...

Uma foto muito ao estilo do fotojornalista de rua clássico. Gostei sim senhor.
Um abraço

Ana F. disse...

Gosto tanto de partir como gosto de chegar!!

;-)

Bjs
Ana F

São disse...

Parabéns: o preto e branco é difícil, mas tu consegues trabalhá-lo muito bem.
Fica feliz.

p y b disse...

Olá José,
Consigo sentir o movimento da passagem dos comboios nestes carris... Bonito preto e branco!
Um abraço
Beta

Iana disse...

Amigo que linda foto, magnífica... você da a vida a uma imagem... Parabéns!!!

ஜॐ♥ஜ______ஜॐ♥ஜ______ஜॐ♥ஜ______ஜॐ♥ஜ
“Que todos os Dias quando
    Você acordar... Receba dos
     Céus a Bênção de ter
      sempre por perto as
       Pessoas que te Amam...
      ஜॐ♥ஜ______ஜॐ♥ஜ______ஜॐ♥ஜ______ஜॐ♥.
Beijos carinhosos, e obrigada por me acompanhar, posso te linkar?
Iana!!!

Gotika disse...

Ola
Andando de lado para o outro,acabei por entrar aqui.
Lindas fotos,consegues angulos espetaculares parabens.
Deixo te um beijo com sabor gotiko

multiolhares disse...

Tantos significados portam essa foto

beijinhos

LB disse...

Bela composição. Mais um excelente p&b...!

Abraço

Marta Ribeiro disse...

Era uma vez uma flor que nasceu no meio das pedras.
Quem sabe como, conseguiu crescer e ser um sinal de vida no meio de tanta tristeza.
Passou uma jovem e ficou admirada com a flor.
Logo pensou em Deus. Cortou a flor e a levou para a igreja.
Mas, após uma semana a flor tinha morrido.


Era uma vez uma flor que nasceu no meio das pedras.
Quem sabe como, conseguiu crescer e ser um sinal de vida no meio de tanta tristeza.
Passou um homem, viu a flor, pensou em Deus, agradeceu e a deixou ali;
Não quis cortá-la para não matá-la.
Mas, dias depois, veio uma tempestade e a flor morreu...



Era uma vez uma flor que nasceu no meio das pedras.
Quem sabe como, conseguiu crescer e ser um sinal de vida no meio de tanta tristeza.
Passou uma criança e achou que aquela flor era parecida com ela: bonita, mas sozinha.
Decidiu voltar todos os dias.
Um dia regou, outro dia trouxe terra, outro dia podou,
Depois fez um canteiro, colocou adubo...
Um mês depois, lá onde tinha só pedras e uma flor, havia um jardim!...



”Assim se cultiva uma amizade...”

Anna disse...

Jose, you are really good in capturing interesting images. Beautiful, and thanks for sharing. Also thank you for recent visit to my blog. Anna :)

Å®t Øf £övë disse...

José,
A vida é feita de partidas, de chegadas, de encontros, e de desencontros. Esta fotografia retrata bem isso mesmo.
Abraço.

un dress disse...

procurar significado

em todas as linhas:

no cruzar dos lugares

e nas cruzes de olhar.



:)

cuentosbrujos disse...

Le robé unas cuantas imágenes a tu pais, sensacionales, por los lugares, estas fotos son estupendas, parecen del pasado, la de la locomotora y la del viajero no se sabe si partiendo o llegando. . ..
saludos brujos

Remus disse...

E a senhora está a chegar ou estará prestes a partir?
Gostei da diagonalidade da composição e do nível de contraste.

osátiro disse...

Entroncamento, terra de factos extraordinários...

Poppy disse...

Magnífica.

Sonia disse...

Bonita e expressiva foto!

Maria Clarinda disse...

EXCELENTE!!!!!!!!
Belissíma esta tua perspectiva.
Jinhos

Maria disse...

linda!cmo todas as que tiras :))beijinho grande

jguerra disse...

Olá. Há algum tempo que não visitava teu espaço e me deliciava com as tuas fotografias.
Acho que realmente tu acrescentas sinestesias às tuas fotos, coração também.
Um abraço

Angela Ladeiro disse...

Gosto particularmente desta foto. É diferente. Bons "shootings"...

Ramon Portillo disse...

La postura y el gesto hacen pensar que es ella la que parte, no se sabe si para siempre, pero da un tristeza grande verla así...

Saludos.